PROGRAMA QUALIDADE NA RECEPÇÃO

CADASTRE-SE Lembrar senha

A postura profissional no consultório e o 5S

Ter uma postura profissional correta é essencial para a recepcionista se sobressair na hora de atender os pacientes do consultório. Trabalhar com seriedade, organização e presteza é fundamental nesse aspecto. No seu dia a dia, a recepcionista pode colocar em prática um programa criado no Japão para promover o correto funcionamento das empresas, indústrias e demais organizações: o 5S.

O programa 5S busca promover a organização, a limpeza, a conservação e a autodisciplina de uma atividade ou trabalho. Isso é alcançado com a conscientização de todos os envolvidos na prestação do serviço.

Em um consultório, através de ações simples, a recepcionista consegue tornar seu ambiente de trabalho um local agradável e produtivo. E, desta forma, demonstrar a sua preocupação em manter uma postura profissional adequada.

Os 5S podem ser utilizados para alcançar diversas metas: redução de custos, melhoria do atendimento e da satisfação do cliente, incentivo à criatividade, envolvimento das pessoas com o trabalho e melhoria da qualidade de vida dos funcionários.

O nome 5S se deve ao fato de que o programa é baseado em cinco sensos que, em japonês, possuem nomes iniciados pela letra S: Seiri (em português, “utilização”); Seiton (“ordenação”); Seiso (“conservação”); Seiketsu (“bem-estar”); e Shitsuke (“autodisciplina”).

Utilização: é o senso que determina o que pode ser útil ou não, eliminando tudo aquilo que pode servir de empecilho para o bom funcionamento do consultório.

Ordenação: este senso é responsável por organizar o ambiente, pois quando tudo está em seu devido lugar, torna-se mais agradável para se viver e trabalhar.

Conservação: a essência deste senso é de que o consultório deve sempre ser mantido limpo e conservado, de forma a estar adequado ao uso e para o atendimento dos pacientes.

Bem-estar: é o senso que prioriza a saúde física e mental dos funcionários. Afinal, uma pessoa com esses problemas pode prejudicar não só a produtividade do seu trabalho, mas como também a sua vida.

Autodisciplina: este senso sugere que a pessoa execute constantemente as ações dos outros sensos, pois assim, ela mantém um bom ambiente de trabalho por muito tempo.

< VOLTAR

Últimas